Projeto de Educação Fiscal de Escola em Cuiabá Concorre a Prêmio Nacional

Projeto de educação fiscal da Escola Estadual Governador José Fragelli, em Cuiabá, concorre ao Prêmio Nacional da Febrafite, destacando-se entre iniciativas de Mato Grosso.

· 2 minutos de leitura
Projeto de Educação Fiscal de Escola em Cuiabá Concorre a Prêmio Nacional

A Escola Estadual Governador José Fragelli, situada na Arena Pantanal, em Cuiabá, está no páreo para o Prêmio Nacional de Educação Fiscal, uma iniciativa da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite). O projeto “Educação fiscal em uma escola integral vocacionada ao esporte” busca reconhecimento por suas práticas que incentivam a cidadania e a educação fiscal na sociedade.

A escola avançou para a segunda fase do prêmio e aguarda ansiosamente o anúncio dos finalistas, previsto para esta quinta-feira (05.10). Dos cinco projetos submetidos por Mato Grosso, apenas três ultrapassaram a nota de corte de 80 pontos, avançando para a etapa final e concorrendo a prêmios que variam de R$ 3 mil a R$ 10 mil, distribuídos em quatro categorias: escolas, instituições, imprensa e tecnologia.

Cleiton Marino Santana, diretor da Escola Governador José Fragelli, vê a seleção do projeto como um aceno de reconhecimento ao esforço da comunidade escolar e um estímulo para que outras instituições de ensino desenvolvam projetos semelhantes voltados para a educação fiscal.

Rodrigo Tavares, professor e coordenador do projeto, explica que o objetivo é incutir nos estudantes conhecimentos e habilidades relacionados à gestão financeira pessoal, compreensão dos tributos e incentivo à cidadania fiscal, através de atividades interdisciplinares envolvendo alunos dos ensinos fundamental e médio.

Além da Escola Estadual Governador José Fragelli, outros projetos de Mato Grosso também estão na disputa, incluindo o da jornalista Thais Teles Pinheiro, que concorre na categoria imprensa com uma matéria sobre o programa Nota MT, e o projeto “Criança cidadã - o meu futuro começa agora!”, da escola privada Unicus Global Education de Cuiabá.

O Prêmio Nacional de Educação Fiscal, que está em sua 11ª edição, recebeu 253 candidaturas de 19 Estados e do Distrito Federal em 2023. Os vencedores serão revelados em uma cerimônia prevista para o final de outubro, em Brasília. A premiação é acompanhada pela Secretaria de Fazenda de Mato Grosso e conta com parcerias de diversas instituições, incluindo o Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB).

Em Mato Grosso, as ações de educação fiscal são conduzidas através do Programa Cidadania Fiscal de Mato Grosso e pelo Grupo de Educação Fiscal do Estado (GEFE-MT), coordenado pela Secretaria de Fazenda, que busca inserir a educação fiscal no planejamento escolar e incentivar o cidadão a exercer a cidadania fiscal.