Rumores e realidades: O embate pelo comando do MDB em Cuiabá e Mato Grosso

Carlos Bezerra e Janaina Riva desmentem influência de Baleia Rossi na disputa pela presidência do MDB em Cuiabá, destacando uma complexa disputa interna.

· 1 minuto de leitura
Rumores e realidades: O embate pelo comando do MDB em Cuiabá e Mato Grosso
Foto: JLSIQUEIRA - Carlos Bezerra e Janaina Riva Confrontam Especulações; Baleia Rossi Observa à Distância

A política interna do MDB de Mato Grosso está em ebulição, com recentes desenvolvimentos indicando um complexo jogo de poder e desmentidos. O cerne da disputa gira em torno da presidência do diretório do partido em Cuiabá, com figuras chave como Carlos Bezerra, presidente do MDB no estado, e a deputada Janaina Riva, secretária-geral do partido, desempenhando papéis importantes.

Carlos Bezerra, desmentindo as especulações da mídia, negou qualquer forma de intervenção do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, na escolha do comando do partido na capital, Cuiabá. Essa negação veio em resposta a rumores de que Rossi teria influenciado a nomeação do deputado federal Emanuelzinho para a posição. Bezerra enfatizou que as decisões partidárias estão sendo tomadas localmente e acusou a imprensa de propagar fofocas​​.

Por outro lado, Janaina Riva também se posicionou firmemente contra a ideia de que Rossi tivesse determinado a nomeação de Emanuelzinho, filho do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro. Riva, que defende a renovação do grupo de Cuiabá e se opõe à influência do prefeito no diretório, destacou que Rossi aguardará um consenso entre as lideranças estaduais e municipais, sem interferência direta. Ela reiterou ser contra a indicação do filho do prefeito e de qualquer outra pessoa vinculada a ele, mantendo uma postura de oposição firme​​.

Essa disputa interna revela a complexidade das dinâmicas partidárias no Brasil, onde lideranças locais e nacionais frequentemente têm interesses divergentes. A situação no MDB de Mato Grosso é um reflexo dessa realidade, com diferentes facções buscando influenciar a direção do partido na região.

Enquanto isso, Baleia Rossi mantém uma posição de observador, evitando intervenção direta no impasse. A solução para o impasse do MDB em Mato Grosso ainda permanece incerta, com as negociações e conversas entre as partes continuando em um esforço para alcançar um consenso.